terça-feira, 27 de novembro de 2012

Coisas de inverno

Sabem aquela sensação de chegarem a casa, tirarem o casaco, sentarem-se à secretária e não conseguirem concentrar-se por causa do frio? Pronto, é isso. Só um loooongo banho quente com a casa de banho aquecida é que me resolve esse problema.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

domingo, 25 de novembro de 2012

The love of a life

Um dia essa pessoa virá. Sim, essa pessoa que te faz acreditar no amor de verdade. A pessoa que te faz acordar com um sorriso e que mesmo sem dizer uma palavra te aquece o coração. A mesma pessoa que faz com que as pernas tremam cada vez que pensas nela, que o coração acelere a cada toque, que uma mensagem mude o teu dia. Só essa pessoa te vi fazer querer contar os anos e não os meses, só ela te permitirá fazer projectos a longo prazo e não apenas os que findam daí a uma semana. Só ela conseguirá que tu não te imagines com mais ninguém, que a partilha de outro toque te repugne e o imaginá-la com outra te dilacere o coração. Essa pessoa talvez não seja o primeiro amor, mas será de certo o último. Não será o amor perfeito, mas será o único que te dará forças para acreditar que é possível atingir a perfeição. Porque aí não haverá dúvidas. Haverá discussões, birras, amuos e chatices, mas o "adeus" é uma palavra que não será equacionada e o "para sempre" o motivo de luta constante. As intrigas, as más-línguas, os "diz que disse" passarão ao lado. Porque quando o amor é verdadeiro, vence. Quando o amor é verdadeiro, fica. E se for realmente verdadeiro é para sempre. Por isso, quando esse amor te bater à porta, tu vais sentir. Não me perguntes como, mas vais. Porque sentes que aquela é a pessoa com quem te imaginas casada, com filhos, com chatices matinais e jantares caóticos. É essa pessoa que vês a dar-te a mão na doença e a congratular-te, sem inveja, na vitória. É essa pessoa que não deves deixar fugir, nunca.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Parabéns a nós!

Hoje o blog faz 2 aninhos! Já não vivia aqui sem o meu cantinho. Obrigada a todos os seguidores e não seguidores oficiais mas que seguem o blog e lêem as minhas lamurias, alegrias, tristezas, desesperos, conquistas, vitórias, angústias e emoções. Obrigada por me virem visitar e por gostarem do meu espaço. Obrigada por verem este pedaço de mim, que é a parte mais genuína que tenho. Deixei de escrever só para mim e para um destinatário, mas para um conjunto de pessoas que se interessam por este "diário". Sem vocês não tinha ânimo para escrever. Um sincero obrigada.

O João e os seus dilemas do amor

Eis que hoje o meu irmão me vem pedir conselhos, coisa recorrente desde que se apaixonou. A nossa conversa foi:

João: Mana, tens de me ajudar a afastar o namorado dela.
Joana: Oh João, tu tens é de fazer com que ela goste de ti, não é afastar o outro! Isso é só a consequência. Ela começa a gostar de ti e deixa o outro.
João: Não, é que ela já me acha giro e engraçado. O problema é que eles namoram desde a pré!
Joana: Então, está na altura de mudar... Ele não tem nenhum ponto fraco?
João: Até tem, ele gosta dela e de outra, mas ela diz que não se importa.
Joana: Vais ter com ela e dizes para te dar uma oportunidade, já que ele é parvo porque gosta de duas ao mesmo tempo e tu só gostas dela e gostas muito!
João: Isso é o que os rapazes de 18 anos dizem?
Joana: O quê?
João: Dizem "ah, dá-me uma oportunidade porque eu posso fazer-te mais feliz que o outro..."
Joana: Sim é mais ou menos isso...
João: E isso resulta?
Joana: Normalmente não! Elas gostam do que as faz sofrer...! Mas diz-me, tu gostas mesmo dela?
João: Yh, gosto.
Joana: Então ficas magoado quando a vês com o outro?
João: Oh tipo, magoado não, mas preferia que ela estivesse comigo! E agora vou dizer uma grande mentira que fica sempre bem "eu só quero que ela esteja feliz" ahah mas eu quero é que ela esteja comigo!!

E foi assim o meu diálogo profundo acerca do amor com um puto de 9 anos

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Sabem o que é frustrante?

Estar 3 horas a fazer um trabalho, o computador dar um erro e perder tudo! Isso sim, é MUITO frustrante!

domingo, 18 de novembro de 2012

A mais sexy do mundo!

A Mila Kunis foi eleita pela revista Esquire a mulher mais sexy do mundo! Pessoalmente, concordo de todo com esta escolha. Acho-a linda, simpática, atraente, elegante, comunicativa e claro suuuper sexy! Desde que vi a prestação dela no filme Friends With Benefits que ela subiu imenso na minha consideração. Aqui ficam algumas fotos da actriz:






A anteriormente eleita tinha sido a Rihanna:


Concordam com esta "troca"? Apesar de achar a Rihanna uma mulher bonita... Eu não podia estar mais de acordo!

The sweetest Sunday!

Hoje vai ser um belo dia. Não, um óptimo dia. Não, um excelente dia! Já tinha saudades, finalmente.
Love you, always

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

You know

Não importa que seja dia 1 ou dia 31 ou dia 27. Todos os dias são "bons" para ter saudades.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

And I wonder if I ever cross your mind

Interrogo-me, de verdade. Porque penso que quando te perguntas se estás na minha mente, achas que não. Aliás, achas certamente que és uma página virada, um capítulo encerrado, um acontecimento que cessou e ficou pelo passado. Era melhor que assim fosse. Mas não é. E o que acontece realmente é que penso em tudo. Naqueles momentos em que estou sentada a olhar para o vazio, eis que imagens se começam a formar na minha cabeça, algo que vem directamente dos confins do coração e me adormece o pensamento. Por breves segundos estás ali, a dar-me a mão, a deixar-me encostar a cabeça ao teu peito. É passado. Não, não é. Porque passado é quando está para trás das costas, passado é quando está arrumado. É quando não incomoda. É quando já não faz chorar. Tu mexes. Fazes vibrar. Tu estás aqui não estando. Tu, tu, tu. Por muito que aches que não, és tu. Não lês isto, que não leias. Não escrevo para que saibas, escrevo porque quero partilhar. Não contigo, isso já não vale a pena... Mas com outros. Com quem já teve amores passados/presentes. Com quem já suspirou quando pensava ter esquecido. Com quem morre de saudade de um sorriso dado outrora todas as manhãs. O pior é que te sei de cor. Sei onde deves andar, o que deves pensar. Sei que sabes que ainda estou aqui, apesar de não quereres acreditar. Sei que sabes. Não quero fazer sentido com o que digo. Quero falar, e falar. Porque como o grande Bob diz "saudade é um sentimento que quando não cabe no coração, escorre pelos olhos". E ela escorre, todas as noites, antes de adormecer. Despeço-me de ti assim, com um soluço amargurado e sonhos profundos. Despeço-me não havendo nada para despedir. Estou aqui. No melhor e no pior. Mas um dia vou deixar de estar, porque como a Lexie da Anatomia de Grey diz "I love you, but I don't wanna love you. I want to be happy."

sábado, 10 de novembro de 2012

Frequência, here I go!


Este fim-de-semana vou engolir o Chang. Prometo. De uma ponta à outra. Química, química, química. Não há cá saídas, nem compras (snif snif), nem lazer. Até porque tem fui à Farmo para estudar! Por isso vou ter dois dias recheados de TOM, TEV, Química Orgânica, Hibridação, Modelos Atómicos, Cinética Química e mais uns quantos temas que não recomendo a ninguém! Wish me luck (and patience!)

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Pessoas que metem nojo

Hoje ia no metro e uma rapariga com os seus 19/20 anos muito histérica estava a gozar com um homem cego porque o senhor estava a andar devagar enquanto pedia esmola no metro. Só tenho uma palavra: nojenta.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Dia da Defesa Nacional

Penso ter uma opinião muito diferente da que me foi transmitida por todos aqueles que já lá foram. Estava à espera de algo horrível, pavoroso, secante, monótono e todos aqueles adjectivos que qualificam um mau dia. But, guess what?! Eu até gostei. Primeiro não estava com vontadinha nenhuma de ir! Mas como era obrigatório e a falta de comparência leva a uma multa de 250€ a 1250€ lá fui eu. Também não perdia grande coisa na faculdade, hoje só tinha teóricas. Quando cheguei ao local onde ia apanhar o autocarro financiado por eles apanhei um valente susto, já que não conhecia ninguém e as pessoas que lá estavam eram "mal afocinhadas" se me permitem a expressão! No entanto, rapidamente encontrei uma ou duas caras conhecidas e passámos um dia bastante agradável. As palestras eram dinâmicas, havia filmes interessantes e os oficiais e sargentos eram super simpáticos! A manhã passou-se entre o içar da bandeira (que dá uma enorme vontade de rir por causa da música de fundo!), uma palestra acerca do que era o Dia da Defesa Nacional, Cidadania e Primeiros Socorros e, depois, uma visita guiada a um barco de guerra. De seguida foi a hora do almoço e eu, esquisita como sou, estava à espera da típica comida da tropa com arroz papado e todas essas coisas, mas não! A sopa era canja (lucky me, porque adoro canja!) e o prato principal era frango com arroz e batatas fritas que estava super bom! Muito, mas muito melhor do que a comida da cantina comum das faculdades!! Da parte da tarde fomos visitar os fuzileiros (que pertencem à Marinha, para quem não sabe) e todas as armas, equipamentos e meios de transporte que utilizam. Eu que adoro filmes de acção adorei essa parte. Parecia um rapaz, super atenta às armas e aos nomes e ao que faziam e etc, etc. Aliás, o fuzileiro que estava a mostrar-nos o material referiu o meu adorado Rambo e a arma de 13kg (sim, t-r-e-z-e) que ele dispara nos filmes o que me deixou logo ainda mais interessada! Mencionou, também, coisas interessantes como um colete pesar 18kg e uma mala pesar cerca de 50kg (agora já percebi por que é que não há mulheres nos fuzileiros...!). Seguidamente, fomos a mais uma palestra onde soubemos como poderíamos ingressar nas várias variantes das Forças Armadas e depois foi-nos feito um inquérito acerca de toda esta experiência. Por fim, vimos o arriar da bandeira nacional. Entre estas palestras, de manhã e de tarde, havia lanche com sumo, leite, folhados, sandes, etc.
Ou seja, o meu balanço final é muito positivo e eu repetia este dia (mais que não seja para voltar a ver aqueles fuzileiros giríssimos fardados...! ahah). De facto, fomos muito bem tratados e todas as informações fornecidas foram úteis e interessantes. Eu também sou um bocadinho suspeita porque gosto imenso destas coisas de armas, polícia, Força Aérea, combates, guerras e afins e, visto que sou sou fã acérrima dos filmes deste género, adorei contactar com o mundo real e não só com a ficção que se vê por aí.
Quem ainda vai ao Dia da Defesa Nacional que encare este dia de forma divertida e, com um grupo animado como eu tive, verá que não é assim tão mau!

domingo, 4 de novembro de 2012

Taken 2 - A Vingança


Já o fui ver ao cinema há uns tempos, mas com a minha falta de tempo (como já devem ter dado conta), ainda não tinha tido tempo para vos vir falar acerca deste filme! Como não pretendo ser spoiler, não vos quero contar nada da história, mas sim a minha opinião geral acerca do filme.
Ora, como eu adoro o meu querido Liam Neeson o filme não poderia, de forma alguma, ser mau. Tem um pouco de ficção no sentido de haver cenas super improváveis de acontecer, mas isso até lhe confere uma certa graça. Também se fosse tudo verosímil não tinha tanta piada, não é? A ideia da história é semelhante à do Taken 1 (A Busca Implacável , em português), no entanto desta vez procura-se a mãe e não a filha. E esta filha terá um papel muito importante neste resgate, bem como o pai, como já se esperava. Comparando os dois filmes, penso que o primeiro foi mais interessante, não sei se pelo facto de ser o primeiro e logo "a novidade" ou por ter sido a rapariga a ser raptada e haver todo um esforço sobre-humano do pai para salvar a sua menina... Não sei, mas admito que o primeiro me tocou mais. Não obstante, gostei imenso deste segundo filme e obviamente que está altamente recomendado para quem gosta de acção!
Pontuação: 8,5

(a partir de agora darei pontuação aos filmes, que acham?!)