quinta-feira, 31 de maio de 2012

Aniversário das celebridades #33


O nosso querido Clint Eastwood faz hoje 82 anos! Pois é, este actor já conta uns aninhos, mas não deixa de ser um excelente profissional. Para mim, o Gran Torino está excelente. Adorei!

terça-feira, 29 de maio de 2012

P*tas #2


Desculpem voltar a lavar roupa suja, este tema já está mais que escalpelizado, mas tinha de partilhar com vocês que nos últimos dias tenho andado enojada. Há certas raparigas que passam mesmo ao meu lado com um ar sobranceiro e convencido, a dar à anca e com o nariz empinado que me dão umas voltas ao estômago que valha-me Deus. Eu tento ignorar, juro que sim, mas incomoda-me tal altivez de criaturas que andam a saltar de cama em cama (ou de chão em chão, desculpem) e que são globalmente conhecidas como p*tas (perceba-se que o asterisco é um "u"), oferecidas, vendidas, mal-amadas e etc, etc mas que pisam o chão com tal arrogância que parecem santas imaculadas. Causa-me urticárias olhar para elas e respirar o mesmo ar. Pergunto-me como é que há pessoas que vivem consigo próprias, para além de p*tas são também intrometidas, falsas, irritantes, convencidas e por aí fora (estão a ver o protótipo, não é?) e mais, se lhes dizem algo mais obsceno ou comentam um ou outro comportamento que sabem que elas já tiveram, as ditas cujas sentem-se abruptamente lesadas e com as susceptibilidades feridas, o coração partido e as rezas desfeitas. Coitadas, ridículas. Mas digo-vos, desde que se mantenham longe (e bem longe) de mim, estamos todas muito bem, vocês com os vossos lençóis conspurcados e eu com a minha mente sã e limpa, mas se vêm cá para o meu lado com arzinho de santas do pau oco... A coisa vai correr mal. Não é que tenha nada contra essa triste vida que levam, não, é só que andam a parasitar uma sociedade que já não está bem com as corrupções, roubos, mentiras, e todas essas questões de estado, mas vocês, amigas, ultrapassam todos os níveis de baixaria. Ao menos vendam-se, agora darem-se? Enfim. Como se diz hoje em dia "para quê pagar uma prostituta se posso tê-la de graça?!"

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Acabou de vez

Os testes do secundário... Acabaram. Findaram. Cessaram. Yey! Hoje tinha aquele suposto teste de Biologia, no qual me limitei a escrever o nome e a palavra "Desisto". Aliás, eu e mais 20 e tal alunos, digo melhor ainda, somente duas alunas da minha turma é que entregaram o famoso teste. Dá-se, assim, por concluído mais um ciclo. Os testes do Ensino Secundário acabaram. Vamos aos exames nacionais.

Facebook

Olá meninos e meninas, venho, mais uma vez, pedir-vos que acedam a esta página e façam um gosto no Facebook d'Os Sons da Vida! Receberão todas as publicações do blog na vossa página inicial, bem como outras coisinhas interessantes, como fotos, vídeos ou estados. Obrigada a todos! Beijinhos *

That guy

domingo, 27 de maio de 2012

Fights

Mudança de planos

Lembram-se de ter dito que ia para o Banco Alimentar distribuir sacos? Pois é, surgiu um contratempo e não pude ir para a distribuição de sacos, pelo que fui para o armazém empacotar as coisas. Digo-vos, aquilo é uma loucura! Não têm noção da quantidade de comida que nos passa pelas mãos! Eu empacotei centenas de caixas, estive lá das 15h às 20h e trabalhei que valha-nos Deus. Não obstante, o ambiente é divertido porque nos ajudamos a todos e ainda há música e risos pelo meio. É engraçado porque aquilo é um trabalho em cadeia e, se uma das partes falha, todo o trabalho fica comprometido. Ainda me diverti bastante! E hoje também dei o meu contributo com alimentos. Estavam a dizer que havia 300 000 pessoas a precisar daquela comida. Sinto-me feliz por ter sido útil nesta causa! Para a próxima, voluntariem-se também!

sábado, 26 de maio de 2012

7 atitudes indispensáveis para conquistar uma mulher!

Muitas vezes o problema dos homens é não saberem o que as mulheres gostam e como as devem agradar. Existem 7 atitudes básicas que agradam a generalidade das mulheres. Assim, aqui ficam elas:

  1. Pague a conta - No primeiro encontro se o homem pagar a conta sobe logo imenso na consideração da mulher. O mesmo se aplica em datas comemorativas;
  2. Cumpra as suas promessas - se o homem prometer alguma coisa, deve cumprir, por mais simples que seja. Uma mulher não esquece uma promessa e, mesmo que não comente, fica magoada;
  3. Ligue para ela - Não precisam de estar constantemente a ligar, mas o homem deve reservar um bocadinho do seu dia para mostrar à mulher que se lembra dela;
  4. Seja cavalheiro - O cavalheirismo saiu de moda? Nada disso. Todas as mulheres gostam que o homem lhes puxe a cadeira, leve os livros, segure a porta, ceda passagem, abra a porta do carro, caminhe ao lado delas, etc, etc.;
  5. Lembre-se das datas - Datas como o dia em que se conheceram, meses/anos de namoro, dia de anos dela, etc. nunca devem ser esquecidas! Se o homem não se esquecer destas datas, sobe muito na consideração da mulher!;
  6. Tenha paciência - As mulheres são, por norma, muito indecisas. Demoram para escolher a roupa, demoram nas compras, demoram a decidir que filme ver. Tenha paciência! E se ela quiser ver um filme romântico que não goste tanto, veja na mesma;
  7. Faça surpresas - Não precisam de oferecer presentes caros, rapazes! Uns brincos, um colar, uma caixa de chocolates, um cartão ou mesmo um passeio surpresa é o suficiente para deixar a mulher derretida. Atenção que surpresa é diferente de presente!! Não lhe ofereçam uma caixa de chocolates no dia de aniversário!! Mas num dia em que se lembre, esporadicamente, de lhe oferecer um miminho!
Concordam, meninas?

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Nothing is worse...

Uma notícia que me deixou desolada

Fiquei mesmo triste quando soube. Quem vê a Anatomia de Grey, aqui vai uma bomba: A Lexie Grey morre no final da temporada 8. Eu a pensar que ela e o Sloan iam ficar "happy ever after". Que merda.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Take a deep breath, the worst is done

Os testes acabaram. Ainda há um de Biologia, mas a entrega é facultativa e visto que tive boa nota no anterior e para este teste saem umas meras 150 páginas, é muiiiiito pouco provável que o entregue. Assim sendo, vou respirar hoje a amanhã. Mereço o meu pequeno deleite depois de tanta dedicação. No fim-de-semana vou para o Banco Alimentar Contra a Fome, para a recolha de alimentos, por isso se me virem a distribuir saquinhos, "say Hi!". Ainda não sei se vou para o Almada Fórum ou para o Pingo Doce de Almada, mas em princípio é para um desses. Sábado de manhã, lá estamos nós. É muito gratificante fazer este tipo de voluntariado, eu pelo menos já participei algumas vezes nesta iniciativa e adorei. Para além de acontecerem sempre imensas peripécias engraçadas, é um bem estar enorme saber que estamos a contribuir para a sobrevivência de muita gente! Por isso, já sabem, se poderem, mesmo que seja com pouco, contribuam! Eu sei que a crise toca a todos e tal e coiso, e aqueles que andaram a roubar milhões ao país provavelmente não dão um tostão para estas causas, contudo, politiquices à parte, tentem fazer a vossa parte, os mais necessitados agradecem! Vou também começar o meu estudo intensivo para os exames nacionais, visto que vou repetir os exames do ano passado e ainda vou fazer exame de Matemática A e Português este ano, é melhor pôr mãos à obra! Ah, e ainda tenho de ler o Felizmente há Luar! Isto uma pessoa nunca descansa. Enfim, é a vida.

When You're Gone



Tenho andado a ouvir esta música. Já não me lembrava do quanto gostava dela...

quarta-feira, 23 de maio de 2012

terça-feira, 22 de maio de 2012

Perguntas&respostas

A querida Ana Brito, proprietária deste blog deu-me um selinho muito fofo, o qual não consigo copiar, por isso, se quiserem ver como é o selo, cliquem neste post.
O selo veio com um desafio, como já é habito. Desafio esse que consiste em responder a 10 perguntinhas. Aqui vão elas:

- Diz qual é o teu clube: Benfica
- Qual é o teu maior sonho? Ter um casamento feliz e uma carreira de sucesso
- Qual é o teu animal favorito: O leão é o animal que mais me fascina e a suricata é o animal ao qual acho mais piada!
- O que mais irrita? Ter dias cheios de coisas para fazer e sem tempo livre nenhum.
- Que tipo de filme preferes? Filmes de acção, históricos e românticos.
- Qual a rede social que mais gostas? O Facebook, claro!
- Quais as palavras que estás sempre a repetir: "fogo"; "nunca mais chegam as férias"; "estou cansada"
- Diz um desporto que adores: Na escola o que mais gosto de jogar é voleibol. Fora isso, fiz ballet durante 8 anos e adorava aquilo!
- Se pudesses pedir um desejo ao génio da lâmpada, qual seria? Que os exames nacionais me corressem bem [extremamente bem!!]
- Qual é o teu nome: Joana Filipa

Dear John

segunda-feira, 21 de maio de 2012

As 10 mais sexys do mundo dos famosos!

À semelhança do que fiz com os rapazes neste post, decidi partilhar também quais são as mulheres de Hollywood que considero mais bonitas, atraentes, sexys e tudo mais. Assim sendo, aqui ficam as minhas escolhas. Não as vou colocar por ordem.


Angelina Jolie - O charme dela é tanto belo quanto sedutor. Uma mulher misteriosa que cativa à primeira vista. Nota 10, das mulheres mais bonitas do mundo.

Dianna Agron - Como se costuma dizer, cara de menina, corpo de mulher. Ainda é jovem, pelo que o seu charme se destaca mais pela inocência e ingenuidade, mas tem traços e feições absolutamente lindos!

Katherine Heigl - Com uma beleza mais natural que as anteriores, tem um sorriso contagiante e uma cara super bonita. Acho-a uma mulher bastante interessante.

Miranda Kerr - Tem uma das caras mais bonitas que eu já vi. Eu adoro feições redondas, pois conferem à rapariga um ar mais de miúda e esta mulher é lindíssima. Os olhos, os lábios, tudo... [Fica tão bem com o Bloom!!]

Adriana Lima - Uma modelo que não só tem um corpo escultural como também uma carinha de Barbie que só ela. Tem uma beleza muito fora do comum, um olhar perfeito e um sorriso mágico. Sem dúvida uma das caras mais bonitas do mundo.

Jessica Alba - Com uma beleza mais madura e um tom de pele um tanto ou quando diferente, tem um fácies extremamente elegante e, apesar de baixinha, põe muitas mulheres altas a um canto. Acho-a linda!

Natalie Portman - Não acho que a beleza dela seja perfeita, mas são as imperfeições que a tornam tão bonita! Com um estilo mais descontraído, tem um sorriso lindo e um olhar penetrante. É muitíssimo bonita.

Emma Watson - Ainda é novinha, comparada com todas as outras, mas tem traços super bonitos. Nos filmes de Harry Potter, podemos ver que ela está sempre bem, de rabo de cavalo, de cabelo solto, de cabelo apanhado, toda arranjada, com roupas descontraídas... Tem, digamos, uma beleza muito versátil.
Mila Kunis - Acho-a perfeita! Aqueles "cat eyes" são lindos! Ela é carismática, tem um ar simpático, é bonita, bem feita e atraente. Das mais simples e das melhores!

Bar Rafaeli - Palavras para quê? É lindíssima. Tem características diferentes e uma cor de olhos lindíssima. O sorriso e a forma do rosto são lindos. E o corpo... Bem, nem vale a pena entrarmos por aí!!


Concordam ou discordam? Beijinhos!

Absolutamente PERFEITA

sábado, 19 de maio de 2012

Missing you

E é nestes momentos, como os de agora, que sinto especialmente a tua falta.

Some nights...

To do

Esta semana há teste Intermédio de Matemática A. Fins-de-semana antes de testes de Matemática são do pior. Ainda por cima sai a matéria toda, por isso tenho de ir rever as probabilidades, os logaritmos e as exponenciais porque há imensos pormenores que se vão dissipando ao longo do tempo. Já para não falar das funções trigonométricas que foram dadas à velocidade da luz... Tenho de resolver exercícios do livro de exame, resolver testes intermédios, etc. Uma trabalheira. Estou mais descansada porque no teste passado tive 19, mas nunca fiando. E já que tirei uma boa nota, não queria descer neste teste... Enfim, é pôr mãos à obra. Se não me virem por aqui, já sabem o que ando a fazer! Outra coisa que me tem deixado angustiada é a carta de condução. Já tenho praticamente as aulas todas feitas para o código, mas as de condução ainda vão no início, isto porque me estão constantemente a desmarcar as aulas, o que é uma porcaria, mas enfim. Depois deste teste vou pensar seriamente nesse assunto. Se calhar só vou a exame depois dos exames nacionais, não sei... Apesar de querer ir antes. Mas pronto, vamos ver! Wish me luck.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Desilusões

Todos nós as temos, não é? Mas as pessoas estão constantemente a desiludir-me. Eu não digo que não desiludo os outros, nada disso. Aliás, sou daquelas pessoas que acho que desiludo com facilidade porque tento fazer tudo bem, na tentativa de não magoar ninguém nas mais variadas situações, mas acaba por me sair o tiro pela culatra e acabo é para magoar toda a gente. Não obstante, sinto-me triste quando vejo e presencio certas coisas. Pessoas das quais gosto a terem atitudes desagradáveis para comigo, quando eu tento sempre agradar a gregos e a troianos. O que acaba por acontecer é que a Grécia invade Tróia, mas acabam todos por morrer. Conclusão: desiludo as pessoas e as pessoas desiludem-me. Parece quase um ciclo vicioso que gostava de parar, mas não consigo. As desilusões sucedem-se e fazem parte da vida, eu sei, eu sei, mas não quer dizer que não custe, mesmo que estejamos preparados. Não é por sabermos que vamos levar uma vacina que deixamos de sentir dor, apesar de estarmos previamente à espera e da dor até poder ser menos forte, acaba sempre por doer. Estou numa daquelas fases em que não me apetece ligar a coisinhas de merda, como se costuma dizer, mas não posso deixar de ficar chateada porque me afectam. Invariavelmente, afectam-me. Mesmo que não queira, afectam. Estamos na recta final do secundário e estou desejosa de sair deste "cubículo". Estou a precisar de uma mudança. E, pelo menos, que as desilusões sejam novas, porque estas... Estas já estão mais que fatigadas!

Coisas mesmo sem interesse nenhum #5

Juro que esta não tem, de todo, interesse. Mas apeteceu-me partilhar dada a situação ser TÃO caricata! Estou toda mordida pelas melgas, eis o lado péssimo do Verão. Babas e comichões por tudo quanto é sítio. É horrível!! Mas o melhor de tudo é que estava eu sentada na minha cadeira a estudar Psicologia, quando começo a sentir uma enorme comichão no rabiosque. Não é que fui ver ao espelho e tinha lá uma mordidela de melga!!! Deve ter sido hoje no Convento de Mafra, porque fui de vestido e havia bicharocos por todo o lado no parque de merendas, mas por amor de Deus, isto é demais!!!

terça-feira, 15 de maio de 2012

Would you miss me?


Por vezes dou por mim a pensar nisto. Se eu morresse, quem iria efectivamente sentir saudades minhas. Dizem que só sabemos realmente os amigos que temos quando estamos no hospital ou na prisão e, de certa forma, até é capaz de ser verdade. Discutimos, muitas vezes, com aqueles que mais gostamos, dizemos-lhes coisas horríveis, nomeadamente que nunca mais os queremos ver. Em contrapartida, estamos rodeados por pessoas com as quais mantemos uma relação estreita todos os dias, no dia a dia, pessoas às quais nos aventuramos a chamar amigos. Eu pergunto-me até que ponto os nossos amigos são mesmo nossos amigos e os nossos inimigos são mesmo os nossos inimigos. Às vezes penso nestas coisas que, na verdade, não deveriam ter nada em que pensar. Mas e se, hipoteticamente, eu fosse parar ao hospital por ter tido um grave acidente e estivesse entre a vida e a morte... Quem é que me iria visitar? Há pessoas pelas quais eu poria imediatamente a mão no fogo que estariam lá à porta, todavia há outras... Outras que não sei! Algumas com quem não contacto tanto, mas que talvez fossem, outras que contacto todos os dias e provavelmente não iriam. Penso que é nos momentos mais difíceis, quando nos deparamos com a possibilidade de perdermos uma pessoa para sempre, que abrimos os olhos, que os sentimentos são colocados à prova e as emoções vêm ao de cima. E talvez seja nessas alturas que cometemos loucuras, que mostramos os nossos sentimentos e damos a conhecer tudo de nós. A dúvida reside, e sempre residirá: Quem iria, de facto, sentir a nossa falta, caso abandonássemos o mundo dos mortais?

Necessidade e desejo

Podia abordar este tema do ponto de vista da psicologia, já que é uma temática tratada no 12º ano. E é tratada de uma forma tão interessante que gostava de partilhar aqui. No entanto, não me vou confinar às definições que preenchem todo o capítulo, porque ficaria demasiado chato e parecia que estava a fazer uma composição para o teste. 
A verdade é que, no dia a dia, tendemos a confundir estes dois conceitos e, na verdade, eles acabam por se imiscuir. De certa forma, associamos o termo "necessidade" a algo impreterível. Necessidade de comer, de dormir, etc, ou seja, necessidade remete-nos para algo que, caso não seja satisfeito compromete a nossa sobrevivência. Já "desejo" é abordado de um ponto de vista mais supérfluo, na medida em que é uma aspiração que o Homem tem, no sentido de querer mais do que aquilo que possui como, por exemplo, desejo de ir a Nova Iorque. No entanto, sabemos que quando ansiamos algo desesperadamente, esse desejo passa a tornar-se numa necessidade, pois sentimos a sua falta. Sentimos a lacuna deles em nós caso não os alcancemos. Freud diz mesmo que os desejos têm origem nas necessidades. Ao satisfazermos uma necessidade acabamos por satisfazer também um desejo. Há uma sensação de prazer após a satisfação da necessidade, logo esta passa a não ser apenas algo que precisamos interiormente, mas um desejo que nos traz consequências positivas. No fundo, chegamos à conclusão que aquilo que precisamos para sobreviver e aquilo que precisamos para viver são ambos imprescindíveis.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

domingo, 13 de maio de 2012

Today is a special day cause...

Spartacus is back!!! Hoje às 22:30h na Fox. Nova série e novo protagonista (pelas razões mais infelizes, mas pronto). Vamos ver como será esta nova temporada!

Sondagem Nº 32 - O que mais gostas de comprar?

Eu que sou um bocadinho consumista, e digo um bocadinho porque é um bocadinho mesmo. Não sou daquelas raparigas que vai para o centro comercial comprar tudo e mais alguma coisa. Compro, sim, por vezes, coisas que não necessito tanto assim, no entanto nunca em exagero. Achei interessante averiguar quais os produtos que os meus leitores mais gostam de comprar. Assim, aqui ficam os resultados:
1º Lugar - Roupa - 55% da votação - 47 votos - O meu voto também iria para aqui. De facto, aquilo que mais prazer me dá comprar é roupa!;
2º Lugar - Calçado - 12% da votação - 11 votos - Para mim é mais difícil entrar um calçado de que goste e me sinta confortável do que roupa que me assente bem, sou um pouco esquisita no que toca a isto, no entanto gosto imenso de comprar também. Especialmente ténis!;
3º Lugar - Livros - 9% da votação - 8 votos - Ainda que hoje em dia se retirem muitos livros da net, nada como o cheiro a livro novo e capa original. Apoio, quando é para ler, que seja o original!;
4º Lugar - Acessórios - 8% da votação - 7 votos - Gosto bastante de comprar anéis e colares, essencialmente. Também tenho alguma queda para malas. Por vezes estes acessórios dizem muito mais do que a própria roupa que usamos, compondo qualquer indumentária!;
5º Lugar - Doces - 5% da votação - 5 votos - Não gasto muito dinheiro em doces porque costuma haver sempre cá em casa chocolates, bolachas e afins, mas às vezes, a meio da manhã, sabe muito bem!!;
6º Lugar - Jogos - 3% da votação - 3 votos - Não é coisa que compre com frequência. Comprei Os Sims quando saíram (tanto o 1, quanto o 2 e o 3) mas depois não me pus a comprar expansões de empreitada. Ainda é o único jogo que gasto dinheiro. De resto... Não!;
7º Lugar - Maquilhagem - 2% da votação - 2 votos - Até gosto de comprar maquilhagem, especialmente batons, mas nada de especial e nem tenho maquilhagem por aí além, até porque raramente me maquilho!;
7º Lugar - Filmes - 2% da votação - 2 votos - A verdade é que com a facilidade com que se faz um download da net os filmes deixam de ganhar um lugar de destaque na lista das compras. Entre ter o livro original e o filme original, prefiro o livro, mas mesmo assim... Se puder ter ambos, melhor!

Obrigada por todos os votos e continuem a votar! A próxima sondagem já está aí! Beijinhos*

sábado, 12 de maio de 2012

Hipoteticamente falando do amor


E se ele for activado por estímulos? Isto é, se um amor acaba (ou nós pensamos que acaba) e, mais tarde, quando houver um estímulo que o accione, tudo voltar? Se o amor não for simplesmente um sentimento que temos por outra pessoa numa dada altura e que ou vive, ou morre. E se o amor adormecer? Se tirar férias? Se cessar por momentos para, depois, voltar em pleno quando somos estimulados a que isso aconteça? Pensei nisto, como penso em tantas outras coisas. Penso nisto quando tento perceber o amor. São teorias estapafúrdias, talvez. Porque o amor é, afinal de contas, uma força que existe dentro de nós, que nos deixa encantados e extasiados com outra pessoa, que nos faz querer estar com ela a toda a hora, olhá-la nos olhos, beijá-la e abraçá-la e, se deixamos de estimular o amor, com o que quer que seja, o amor acaba por morrer (ou adormecer, como disse acima). Não falo em relações à distância, não, porque aí os estímulos dados são outros, mas têm de ser dados. Porque nenhum amor é alimentado de nada. Podemos até ter estado com uma pessoa num determinado sítio, sítio ao qual nunca mais regressámos, contudo, no dia em que lá voltamos, as memórias voltam e afloram a pele e o espírito. Inconscientemente, activámos o amor que estava escondido dento de nós. Podemos mesmo deixar de falar com uma pessoa, nunca mais manter diálogo, mas no dia em que uma mensagem surge ou os olhares se tocam, a magia volta, tudo volta. Talvez nós tenhamos necessidade de adormecer certos amores, para permitir que outros entrem na nossa vida. Todavia, na verdade, esquecer é um processo muito mais complexo do que podemos pensar pois, provavelmente, nunca saberemos até que ponto realmente nos esquecemos de algo, nunca sabemos se aquele assunto ficou perdido dentro de nós, em algum sítio que pode ser activado um dia mais tarde, ou se se esvaiu completamente do corpo e da alma. Muitas vezes desconhecemos a nossa própria mente, desconhecemos se esquecemos ou se não esquecemos. Sabemos apenas, até certo ponto, quem amamos num determinado momento. Mas o mais provável é que nunca saibamos quem conseguimos verdadeiramente esquecer.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

terça-feira, 8 de maio de 2012

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Uma semana sem muito trabalho

Esta semana começou bem, com uma muito boa nota a Biologia e com a notícia de que, provavelmente, não realizaremos um segundo teste desta disciplina neste período. O resto da semana deverá correr calmamente, já que só tenho teste de Português na sexta feira. A má notícia é que pode sair a Mensagem ou o Memorial do Convento, ou seja, se já é difícil estudar uma obra, duas então... Enfim! Espero que o teste corra bem, até porque tem mesmo de correr, já que a nota final depende deste período. Queria aproveitar para começar a estudar Físico-Química para o exame nacional... Vamos ver como corre o estudo, mas é impreterível que tire boa nota nos exames deste ano! De resto será uma semana normal, sem muita azáfama. Amanhã devo receber o meu teste de Matemática A, vamos lá ver o que sairá dali, estou confiante, mas nunca se sabe! Estas duas semanas são mais relaxadas, o pior é que ainda este mês tenho teste Intermédio de Matemática A... What a shame!

O meu príncipe...


Agora já percebi tudo!! ahah

domingo, 6 de maio de 2012

Premature ventricular contractions

No title, just tears

O vento passa e deixa uma lágrima cair. Com saudades do que já tive e do que perdi. Com pena do que nunca terei. Talvez não saiba viver, ou talvez queira viver demais, mas os sorrisos são constantemente substituídos por lágrimas salgadas que vegetam nos lábios secos e rebentados. Há lacunas que não são preenchidas, coisas que ficam por dizer, mágoas inerentes à história de vida... E suspiro - sem quase fazer barulho - tentando aliviar a pressão que percorre as veias e artérias, que percorre o corpo todo. O ritmo cardíaco acelera, as forças ficam pelo caminho e, quando deixo o corpo cair, morto, na cama, nada sinto, senão angústia. Porque há dias assim, há dias em que estamos sensíveis, e tristes e nos dá para chorar. E há dias em que lemos coisas que nos fazem chorar. E nos lembramos de coisas que nos fazem chorar. E, mesmo que não tenhamos qualquer motivo, limitamo-nos a chorar. Não é mau chorar. Para mim não. Às vezes pergunto-me acerca dos porquês. Não só dos que me são alheios, como também daqueles que são relativos à minha própria pessoa. O mundo é assim, a vida é assim... Que fazer mais? Aguardar. Porque haverá um dia, um momento, um efémero instante em que seremos as pessoas mais felizes à face da Terra.

sábado, 5 de maio de 2012

O que eu espero do amor

Há várias coisas que espero que o verdadeiro amor me traga. Coisas que o amor supérfluo não traria. Coisas que só quem ama, suporta. O que todos nós queremos é alguém que esteja ao nosso lado invariavelmente, nos piores e nos melhores momentos, certo? Que saiba lidar com a nossa vitória sem inveja e com a nossa derrota com compaixão, verdade? Pois, para mim, o verdadeiro amor é aquele que é capaz de me aturar na semana crítica de TPM em que só me apetece discutir, embirrar, chorar etc etc etc, que me continua a amar mesmo que fique gorda depois de dar à luz, que não me deixa se eu ficar com Alzheimer, e que fica ao meu lado mesmo quando já for incapaz de o reconhecer, que me leva o pequeno almoço à cama quando estiver doente, que me ajuda a vestir as meias quando não me conseguir dobrar, que me dá um beijinho de manhã e me diz "estás linda" quando eu sei perfeitamente que estou terrível, que não se esquece do meu aniversário, que sabe as minhas flores favoritas, que pode pedir por mim no restaurante, porque sabe o que pediria. Que está comigo, mesmo quando não está.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Amor

O amor, o amor... E eu que ainda tento perceber o que isso é! Na verdade quanto mais vivo, menos sei. Antes amor era apenas gostar muito de alguma coisa, era o pai e a mãe, eram os avós e os tios. Era uma coisa boa, bonita. Era o que nos fazia sorrir. Hoje acho que amor é uma coisa diferente, sem saber, no entanto, o que é realmente. Descobri que no amor não se pode aceitar tudo nem, muitas vezes, perdoar tudo. Descobri que mais do que um pedido de desculpas, é preciso um arrependimento honesto. Descobri também que, por vezes, é preciso provar o pior para depois dar valor ao melhor. Há pessoas que passam e vão, outras que passam, ficam e permanecem. Há várias pessoas que constituem o nosso passado e o nosso presente. Mas há uma, e apenas uma, que vai entrar no nosso mundo, tornando-o também seu, e nos vai mostrar porque é que nunca deu certo com outra pessoa. E é essa pessoa que nunca, nunca, nunca nos vai escapar. Eu ainda acredito no amor.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Na lista para serem vistos

Há vários filmes que gostava de ver, mas o tempo é pouco e o trabalho é muito! Vou deixar aqui alguns que estão em fila de espera!

  1. Guerra é Guerra (This Means War);
  2. Gone - 12 horas para viver;
  3. Os Vingadores (The Avengers);
  4. American Pie: O Reencontro;
Já os viram? Que acharam? Beijinhos **