terça-feira, 6 de novembro de 2012

Dia da Defesa Nacional

Penso ter uma opinião muito diferente da que me foi transmitida por todos aqueles que já lá foram. Estava à espera de algo horrível, pavoroso, secante, monótono e todos aqueles adjectivos que qualificam um mau dia. But, guess what?! Eu até gostei. Primeiro não estava com vontadinha nenhuma de ir! Mas como era obrigatório e a falta de comparência leva a uma multa de 250€ a 1250€ lá fui eu. Também não perdia grande coisa na faculdade, hoje só tinha teóricas. Quando cheguei ao local onde ia apanhar o autocarro financiado por eles apanhei um valente susto, já que não conhecia ninguém e as pessoas que lá estavam eram "mal afocinhadas" se me permitem a expressão! No entanto, rapidamente encontrei uma ou duas caras conhecidas e passámos um dia bastante agradável. As palestras eram dinâmicas, havia filmes interessantes e os oficiais e sargentos eram super simpáticos! A manhã passou-se entre o içar da bandeira (que dá uma enorme vontade de rir por causa da música de fundo!), uma palestra acerca do que era o Dia da Defesa Nacional, Cidadania e Primeiros Socorros e, depois, uma visita guiada a um barco de guerra. De seguida foi a hora do almoço e eu, esquisita como sou, estava à espera da típica comida da tropa com arroz papado e todas essas coisas, mas não! A sopa era canja (lucky me, porque adoro canja!) e o prato principal era frango com arroz e batatas fritas que estava super bom! Muito, mas muito melhor do que a comida da cantina comum das faculdades!! Da parte da tarde fomos visitar os fuzileiros (que pertencem à Marinha, para quem não sabe) e todas as armas, equipamentos e meios de transporte que utilizam. Eu que adoro filmes de acção adorei essa parte. Parecia um rapaz, super atenta às armas e aos nomes e ao que faziam e etc, etc. Aliás, o fuzileiro que estava a mostrar-nos o material referiu o meu adorado Rambo e a arma de 13kg (sim, t-r-e-z-e) que ele dispara nos filmes o que me deixou logo ainda mais interessada! Mencionou, também, coisas interessantes como um colete pesar 18kg e uma mala pesar cerca de 50kg (agora já percebi por que é que não há mulheres nos fuzileiros...!). Seguidamente, fomos a mais uma palestra onde soubemos como poderíamos ingressar nas várias variantes das Forças Armadas e depois foi-nos feito um inquérito acerca de toda esta experiência. Por fim, vimos o arriar da bandeira nacional. Entre estas palestras, de manhã e de tarde, havia lanche com sumo, leite, folhados, sandes, etc.
Ou seja, o meu balanço final é muito positivo e eu repetia este dia (mais que não seja para voltar a ver aqueles fuzileiros giríssimos fardados...! ahah). De facto, fomos muito bem tratados e todas as informações fornecidas foram úteis e interessantes. Eu também sou um bocadinho suspeita porque gosto imenso destas coisas de armas, polícia, Força Aérea, combates, guerras e afins e, visto que sou sou fã acérrima dos filmes deste género, adorei contactar com o mundo real e não só com a ficção que se vê por aí.
Quem ainda vai ao Dia da Defesa Nacional que encare este dia de forma divertida e, com um grupo animado como eu tive, verá que não é assim tão mau!

6 comentários:

Anónimo disse...

Haha e eu a achar que tinha sido a únicaaa :D

Anónimo disse...

aiii, já somos duas! eu também adorei o meu dia da defesa :D

Rui Costa disse...

Resumindo achas piada aos fuzileiros fardados e a alguns apetrechos utilizado por fuzileiros que gostas de ver em filmes!! LOLOLOL
o frango assado era apenas o engodo para alistar o psl!! eheh =)

Joana Filipa disse...

Ainda bem que não estou sozinha!

Joana Filipa disse...

Ahah, fantástico! Já somos 3!

Joana Filipa disse...

Isso foi em tom de brincadeira porque achei realmente o dia importante e divertido. Conseguiram transmitir-nos valores e conhecimentos de forma interactiva, o que proporcionou um fantástico dia.