terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

E quando vou para chorar penso...

que importância vai isto ter daqui a 5 anos? Nenhuma. E aí sorrio e sigo em frente.

4 comentários: