quarta-feira, 6 de março de 2013

Desilusão

Sou daquelas pessoas que dá tudo, que confia, que se entrega. Não sei, sou assim. Espero, talvez, demais das pessoas e do que elas me podem dar. Conto pelos dedos de uma mão as pessoas que sei que não vão falhar. Se calhar levo demasiado a sério esta brincadeira que é a vida, mas sou mesmo assim: ingénua e sensível...

2 comentários:

*C*inderela disse...

Já eu fico sempre com o pé atrás. A vida ensina a abrir os olhos.

Bjokas.

Miúda disse...

não es a unica... e é com cada chapada as vezes :(