quarta-feira, 13 de março de 2013

Les Misérables


Sinceramente, nem sei por onde começar. Arrebatador, estonteante, soberbo, fascinante, eu sei lá! Eu não gosto de musicais, não sei porquê, nunca me fascinaram e, por isso mesmo, as pessoas que me conhecem não mo aconselharam. Todavia, depois de ver o trailler e da Anne Hathaway ter ganho o óscar com este filme, prometi a mim mesma que o teria de ver. E adivinhem? Amei. Mas de uma maneira como já não gostava de um filme há muito tempo. Por isso, mesmo quem não gosta de musicais que experimente, que dê uma chance a este filme porque realmente ele está qualquer coisa de magistral. O elenco é irrepreensível, começando pelo Russel Crowe que, apesar de não ter grande voz, mostrou aqui uma versatilidade que nunca tinha visto neste actor cuja expressão é sempre rígida e, imaginá-lo a cantar, não me passava pela cabeça, quanto mais consumar o facto de ele ser realmente brilhante em tudo o que faz e esta personagem só veio corroborar isso mesmo. Hugh Jackman perfeito, dos pés à cabeça. Não vi o Lincoln, mas deve estar realmente irrepreensível para não ter sido o Jackman a ganhar o óscar de melhor actor. Anne Hathway teve o óscar merecidíssmo, o papel que desempenhou aqui fez jus ao mérito reconhecido pela academia. Para além de ter uma voz lindíssima - já a tinha ouvido cantar no filme Ella Encantada - nesta personagem aglomera todo o seu carácter e potencial enquanto actriz. Amanda Seyfried linda, simples, singela. É uma actriz que não tem uma enorme projecção, mas sou apaixonada por ela, desculpem, acho que ela tem uma beleza rara e aqui surpreendeu-me com os seus dotes musicais. Eddie Redmayne, talvez o nome menos conhecido da lista até agora, também ele me deixou boquiaberta. Tinha visto a prestação dele numa série chamada Os Pilares da Terra e não dava grande coisa por ele, verdade seja dita, mas digo-vos - adorei! Por fim Helena Bonham Carter perfeita neste papel, destrambelhado como ela mesma. Surpreendeu-me pela positiva, penso que aquele lado mais obscuro que nela conhecemos foi um pouco posto de lado, o que lhe permitiu uma prestação perfeita neste musical.
Já podem ver que, só pelo elenco, se espera o melhor dos melhores. E é mesmo isso que terão. Partes cómicas, partes que cortam a respiração, partes que nos comovem... Há de tudo! Quanto ao enredo em si está uma história brilhantemente arquitectada (que obviamente não quero desvendar!). Toda a mensagem subjacente ao filme é totalmente transmitida à audiência e, sem dúvida, merece todo o nosso reconhecimento.
Pela extensão da minha crítica, penso que podem imaginar a qualidade deste musical nomeado para o óscar que, infelizmente, não ganhou. Vejam, não se arrependerão, mesmo quem não gosta de musicais. É avassalador!
Nota: 10

1 comentário:

*C*inderela disse...

Arrebatardo, sem dúvidas. Adorei :)