segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Once in a lifetime love

The Vow

15 comentários:

Anónimo disse...

aprende a postar coisas verdadeiras

Anónimo disse...

tens algum rapaz que estejas interessada?

Joana Filipa disse...

Isto é apenas uma passagem de um filme, anónimo, calma :)

Joana Filipa disse...

Fica a dúvida no ar.

Anónimo disse...

acho que ninguém tem dúvidas com este post...resta saber se és correspondida ;)

Joana Filipa disse...

Eu coloco estas coisas porque as acho bonitas, não porque estejam directamente relacionadas comigo. E não, não sou comprometida.

Anónimo disse...

ainda bem :) tem é cuidado nem tudo é o que parece

Joana Filipa disse...

Claro! Mas tão cedo não me apaixono! ahah

Anónimo disse...

Isso é muito fácil de dizer,nós não controlamos os nosso sentimentos.Maior parte das vezes as pessoas não são aquilo que dizem ou parecem.Não estás sozinha no mundo,olha em volta pode ser que te apercebas! O amor ilude muito mas desilude mais :)

Joana Filipa disse...

Podemos escolher envolver-nos emocionalmente ou não. Para além de não haver ninguém com quem queira esse envolvimento emocional, estou um pouco recalcada dessas situações e quero manter-me à margem disso. Já agora, o anónimo podia identificar-se, não?

Anónimo disse...

Não me conheces, e provavelmente nem sabes que existo!Não te envolves emocionalmente mas ao querer uma determinada pessoa só para diversão,podes estar a magoar outra inconscientemente.Tem cuidado, há rapazes e rapazes

Joana Filipa disse...

Eu nunca quero uma pessoa só por diversão, e quem me conhece sabe isso. Se não te conheço, a nossa conversa fica por aqui.

Anónimo disse...

Esta bem,já deu para perceber como vês o amor.O meu objectivo não é criticar,não te conheço.Vi o teu blog e gostei. Um dia vais olhar para esta conversa e perceber o porque. Beijinhos e parabéns pelo blog

O Profeta disse...

Hoje acordei na fúria dos deuses
O céu da ilha cobriu-se de espanto
Uma triste nuvem plantou-se sobre a minha cabeça
E verteu uma lágrima de pranto

Hoje acalentei uma esperança tonta
Uma ideia já morta
Um sentimento perdido na espuma
Numa ansia que já havia fechado a porta

Hoje é hoje
O amanhã mais um tempo triste de um coração
Hoje é apenas o perverso andamento do relógio
Hoje esqueci toda e qualquer oração



Doce beijo

Joana Filipa disse...

Muito obrigada!