quarta-feira, 17 de outubro de 2012

William Shakespeare diz:

«Depois de algum tempo, aprendemos a diferença, a subtil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E aprendemos que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começamos a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começamos a aceitar as nossas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança

8 comentários:

Vanessa. disse...

Gosto tanto!

E gosto tanto do teu blog, sigo!

GIVEAWAY “Aphrodite” – Participa!

Joana Filipa disse...

Obrigada!! Já fui participar! **

Beautiful By J. disse...

Não conhecia-a, mas adorei*
**

Kiss Kiss
www.beautifulbyj.blogspot.com

Talita Vieira disse...

Lindo texto! =)

beijos
blogagendafashion.blogspot.com.br

Dúvidas e Certezas disse...

Muito sábio!! A incorporar na vida...

Joana Filipa disse...

Obrigada, beijinho *

Joana Filipa disse...

Obrigada, beijinho :)*

Joana Filipa disse...

Shakespeare será sempre Shakespeare!