quinta-feira, 26 de abril de 2012

Discussões

Odeio-as. Fico a sentir-me triste, deprimida, com falta de alguma coisa. Quando o silêncio toma o lugar das palavras agressivas, ainda é pior. Fico com uma nostalgia intrínseca, uma vontade incontrolável de falar ao outro lado e dizer "hey, estou aqui". Mas o outro lado não fala e nós por aqui ficamos. A pensar se, na mais remota possibilidade, essa pessoa pensa em nós como nós pensamos nela. Se também fica triste por nós estarmos tristes, se fica em baixo só por as coisas não estarem bem... Às vezes tenho dúvidas de que isso seja assim, porque eu até tento. Tento acabar com a discussão e por um ponto final nas coisas más, porque só quero estar bem. Não quero que os minutos passem como uma tortura constante a olhar para o telemóvel com o incansável desejo de ver uma mensagem ou uma chamada não atendida. Tenho pena de discutir, e tenho pena de ficar como fico quando discuto. Enfim, coisas da vida...

2 comentários:

Maria Alves disse...

Ai Joana como te percebo :(

Joana Filipa disse...

Sabes, Maria, sabes...!