segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Pela primeira vez

Quando o papel e a caneta já não satisfazem as necessidades do Homem, temos tendência a recorrer a estes brinquedos interactivos que nos prendem durante horas a fio.
Já há muito que ando para fazer um blog, mas há sempre algo que se mete à frente, e como tudo o que seja "extra-escola" é visto como perda de tempo, dedico os minutos que reservo a mim mesma para ler um livro, ver um filme ou dar dois dedos de conversa com um amigo ou outro.
Pois bem, decidi que podia aliviar ainda mais um pouco este carregado horário e criar uma coisa destas.
Há pessoas que precisam de tocar um instrumento, outras de cantar, algumas dançar, há ainda que goste de pintar ou até mesmo dar um simples passeio. Eu preciso de escrever. É como uma coisa vital. Agora já me perdi no raciocínio e nem sei se o que queria escrever era realmente isto, a verdade é que pouco me importa o que escrevo ou como escrevo, importa-me somente escrever.
Acho que estou só a arranjar coragem para ir fazer o trabalho de Físico-Química A, na verdade estou apenas a tentar ganhar uns minutos antes de me fixar num papel a arquitectar ideias e mais ideias para fazer algo que não me realiza. É assim a vida de muitos jovens, e é também a minha.

2 comentários:

Inês C disse...

exactamente. e acredita que o blog é óptimo. pelo menos para mim, sabe mesmo bem perder tempo a melhora-lo, a pesquisar imagens, a escrever. é uma diversão, um entreter como outro. Boa sorte nesta nova ''aventura''.

Joana Filipa disse...

Muito obrigada! Já estou a gostar imenso e o pensamento é sempre "deixa-me pensar em algo inovador para o blog". É fantástico..
Obrigada pelo incentivo.